Início Noticias Homem ganha direito a tratamento com Ivermectina e morre nos EUA

Homem ganha direito a tratamento com Ivermectina e morre nos EUA

271
0
O americano Keith Smith testou positivo para a Covid-19 no dia 10 de novembro e foi internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) 11 dias depois. Nos Estados Unidos, o uso da Ivermectina é proibido após falta de eficácia científica contra o coronavírus.
A esposa de Keith, no entanto, recorreu à justiça e pediu o direito do tratamento com o medicamento. Darla Smith ganhou a ação e o marido passou a ser tratado com a Ivermectina.
O juiz decidiu que o hospital não poderia ser obrigado a usar a Ivermectina, mas deu a Darla o direito de acionar um médico particular para administrar a droga.
Enquanto recebia doses do medicamento, o americano apresentou piora significativa e a equipe médica chegou a suspender o tratamento com o remédio. Entretanto já era tarde e Keith morreu neste domingo, 12.
Em março deste ano a Organização Mundial da Saúde já havia relatado a ineficácia da Ivermectina no tratamento contra a Covid-19. A própria empresa que produz o medicamento endossou a informação.