Início Noticias “Não resistam a sair de suas casas”, pede Rui em Ilhéus

“Não resistam a sair de suas casas”, pede Rui em Ilhéus

130
0
 Com 72 cidades baianas em situação de emergência devido às fortes chuvas, o governador Rui Costa (PT) pediu às pessoas atingidas que não resistam a sair de suas casas em caso de urgência. A declaração foi dada em entrevista à CNN Brasil neste domingo, 26.   
“Por favor, não resistam a sair de suas casas. Em hipótese nenhuma voltem para casa para pegar qualquer objeto. Depois que a casa é alagada, é preciso uma inspeção. Mesmo que a água baixe,  a casa pode desmoronar”, disse o governador.  
“Então, por favor, não volte para casa sem uma inspeção. Não resista para sair de casa, atendam o pedido da Defesa Civil, dos Bombeiros, da Polícia Militar. Se a orientação for sair de casa, feche sua casa e saia o mais rápido possível.”, pediu.  
Na ocasião, Rui Costa  agradeceu o apoio de outros estados à Bahia no combate às consequências da chuva. “Quero agradecer os estados de São Paulo, de Sergipe e Rio Grande do Norte, que enviaram helicópteros, equipes e apoio material. E ao governo federal, aqui tem um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal. Amanhã deve chegar uma aeronave do exército”
De acordo com o governador, nenhuma barragem pública rompeu com as chuvas, apenas privadas. “Nenhuma barragem pública foi rompida na Bahia, o que temos são rompimentos de barragens privadas, em fazendas. Vivemos um período longo de estiagem aqui no estado e muitas barragens foram construídas nas propriedades. Um rompimento de uma barragem pequena pode virar uma maré de destruição, e é isso que tem acontecido na região”, explicou. 
Ilhéus
O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, afirmou, também em entrevista a CNN Brasil, que a situação “não está sendo fácil”, mas que espera uma melhora no clima da região até o réveillon. Alexandre disse não haver recomendações para os turistas que devem chegar à cidade para a virada de ano. 
“A vida não está sendo fácil em grande parte da Bahia. Não à toa vemos o governador vindo pessoalmente coordenar a estratégia aqui nas áreas atingidas. A gente tem procurado atender a população da melhor forma, com toda a equipe da segurança, com a Polícia Militar, Bombeiros e Corpo Civil”
Em relação ao turistas, o prefeito pediu apenas que se evite áreas críticas na cidade, apesar de acreditar que daqui para o dia 31 as coisas estarão melhores.  
“Nesse primeiro momento, nosso foco é salvar vidas. A chuva reduziu um pouco, esperamos que reduza ainda mais para tratarmos da reconstrução da cidade. Temos aqui muito hotéis de 5 estrelas, com 100% de ocupação desde outubro. Os turistas sempre ficam nesse hotéis, não tem nenhuma recomendação. O cuidado deve ser o cuidado de não ir para áreas alagadas”, disse.