Início Noticias Prefeitura de Salvador reabre gripário do Pau Miúdo

Prefeitura de Salvador reabre gripário do Pau Miúdo

90
0
Foi reaberto nesta sexta-feira,17, o gripário do Pau Miúdo, unidade dedicada ao tratamento de pacientes com H1N1, H3N2 e Covid-19, dentre outros vírus gripais. A unidade, que tem estrutura para até 300 atendimentos diários e foi montada no Pronto Atendimento Maria Conceição Imbassahy, foi entregue esta manhã pelo prefeito Bruno Reis e pelo secretário municipal de Saúde (SMS), Leo Prates.
O serviço tem atendimento 24 horas, sete dias por semana, e conta com 12 leitos. Outros dois leitos são destinados à estabilização, estruturados para o atendimento de pacientes com agravamento do quadro clínico, oriundos dos leitos da própria unidade, com necessidade do uso de ventiladores pulmonar, monitores multiparâmetros e bombas de infusão. Além disso, a unidade é capacitada para realização de exames complementares, a exemplo de raio-X, laboratoriais e eletrocardiograma.
A prefeitura de Salvador confirmou também nesta sexta-feira,17, a reabertura de mais dois gripários, ainda sem previsão de data para reabertura, uma mega operação de vacina contra a gripe, está sendo montada na tentativa de conter o surto de influenza que está sobrecarregando o sistema de saúde.
O prefeito destacou que a administração tem trabalhado, desde o início da pandemia, de forma a se antecipar aos acontecimentos. A estratégia envolve inauguração de equipamentos, realização de testes e promovendo atendimentos imediatos, de modo a evitar um colapso no sistema de saúde. “Hoje reabrimos o gripário do Pau Miúdo, já temos aberta a unidade dos Barris e vamos colocar em funcionamento os gripários da Ilha de Bom Jesus dos Passos e o de Pirajá. Depois disso, abriremos quantos mais forem necessários”.
O gripário possui suporte de farmácia 24h, a unidade conta ainda com ambulância para atendimento dos pacientes que serão regulados para internamento na rede SUS Salvador, além  de uma equipe de 75 profissionais de saúde, sendo 14 médicos, intensivistas plantonistas, dois médicos diaristas, 12 enfermeiros, um enfermeiro supervisor, 20 técnicos de enfermagem assistenciais, quatro maqueiros e quatro auxiliares de farmácia, dentre outros colaboradores.
Durante a apresentação, o secretário municipal de Saúde, Léo Prates, destacou a importância da população saber exatamente quais as atribuições de cada unidade de saúde, a fim de não sobrecarregar as unidades. Sendo assim, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e pronto-atendimentos (PAs) são destinados a casos mais graves, como falta de ar e dor torácica. Já as Unidades Básicas de Saúde (UBS) são as portas de entrada, destinadas a sintomas mais leves, a exemplo de coriza, dor de cabeça e garganta. Além disso, as Unidades de Saúde da Família (USFs) também entram para acompanhamento dos casos. No total, Salvador conta com 157 unidades de saúde e 18 UPAs.
Outro anúncio feito pelo prefeito é que, neste sábado, 18, será retomada a aplicação das vacinas contra a Covid-19, mas a imunização contra o vírus da gripe prossegue no 5º Centro de Saúde. Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde segue realizando os testes contra as duas enfermidades em 50 unidades espalhadas pela cidade.