Início Noticias Terceira dose da AstraZeneca pode ser eficaz contra a Ômicron

Terceira dose da AstraZeneca pode ser eficaz contra a Ômicron

96
0
A AstraZeneca, farmacêutica britânica responsável pelo desenvolvimento de imunizastes contra a Covid-19, comunicou, na madrugada desta quinta-feira, 23, que sua vacina se mostrou eficaz na prevenção a infecções causadas pela Ômicron após aplicação de uma terceira dose.
Conduzidos pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, os testes clínicos com a nova variante do coronavírus foram realizados em 41 voluntários e mostraram, segundo a empresa, crescimento significativo na taxa de imunização depois de uma terceira dose de reforço aplicada.
De acordo com esse novo estudo, o nível de proteção conferido aos indivíduos apresentou eficácia até um mês após a aplicação da vacina. Estudos anteriores, realizados por pesquisadores independentes, já haviam mostrado queda relevante na quantidade de anticorpos gerados pela vacina da AstraZeneca e também da Pfizer diante da nova cepa.
A Ômicron foi identificada pela primeira vez na África do Sul e se espalhou rapidamente pelos Estados Unidos e Europa. Embora seja mais contagiosa, cientistas ainda tentam definir se a variante desencadeia sintomas menos agressivos e se a proteção oferecida pelos imunizantes é realmente eficaz.