Início Noticias Bia Haddad conquista título de duplas no WTA 500 de Sidney

Bia Haddad conquista título de duplas no WTA 500 de Sidney

331
0
Atual número um do Brasil, a tenista paulista Bia Haddad faturou o título de duplas no WTA 500 de Sidney (Austrália) ao lado da cazaque Anna Danilina, após vitória de virada sobre a alemã Vivan Heisen, em parceria com Panna Udvardy, da Hungria. Haddad e Danilina ganharam a final neste sábado, 15, por 2 sets a 1 (parciais de 4/6, 7/5 e 10/8), após partida de 1h31 de duração. 
A conquista de Haddad em Sidney foi a mais importante da brasileira em duplas. Por duas vezes, Haddad levantou a taça no WTA 250 de Bogotá: em 2017, ao lado da argentina Nadia Podoroska; e em 2015 ao lado da compatriota Paula Gonçalves. Na próxima segunda-feira (17) a brasileira estreia no Aberto da Austrália, em Melbourne, primeiro Grand Slam da temporada 2022.
“Esse título representa que estou no caminho certo e que cada vez mais venho evoluindo o meu autocontrole e também crescendo no desenvolvimento pessoal. A dupla com a Anna surgiu de última hora, eu jogaria com a Podoroska no Australian Open {Abertp da Austrália] e ela acabou machucando o abdômen. Já aproveitei e chamei a Anna pra jogar em Sydney também e acabamos conseguindo criar uma energia bem bacana nos jogos”, disse a paulista após levantar o troféu.
A conquista de Haddad em Sidney foi a mais importante da brasileira em duplas. Por duas vezes, Haddad levantou a taça no WTA 250 de Bogotá: em 2017, ao lado da argentina Nadia Podoroska; e em 2015 ao lado da compatriota Paula Gonçalves. Na próxima segunda-feira (17) a brasileira estreia no Aberto da Austrália, em Melbourne, primeiro Grand Slam da temporada 2022.
Antes da final em Sidney, a parceria Brasil-Cazaquistão já havia eliminado as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara, e dupla Canadá-México formada por Gabriela Dabrowski e Giuliana Olmos. 
Aberto da Austrália
Atual número 88 do mundo, Haddad fará o primeiro jogo de simples no Aberto da Austrália contra a norte-americana Katie Volynets (178ª), que obteve a vaga no qualifying (torneio qualificatório).  Em 2021, Haddad e Volynets estiveram frente a frente no qualifying de Wimbledon, e a norte-americana levou a melhor.
Em caso de vitória na estreia, a brasileira enfrentará na segunda rodada romena Simona Halep, número 18 do mundo.