Início Noticias Justiça Militar julga sargento preso com cocaína em avião da FAB

Justiça Militar julga sargento preso com cocaína em avião da FAB

130
0
O sargento da FAB (Força Aérea Brasileira) Manoel Silva Rodrigues, preso na Espanha em junho de 2019 com 37 kg de cocaína, é julgado nesta terça-feira, 15, pelo O STM (Superior Tribunal Militar). O julgamento começou por volta das 9h e o militar responde no Brasil por tráfico internacional de drogas. O sargento está detido em Sevilha, já que foi condenado em 2020 pela justiça espanhola. Ele acompanha o julgamento desta terça através de videoconferência. O julgamento acontece em primeira instância e a decisão final ainda estará sujeita a recurso. Em caso de condenação, a defesa do sargento pede que que a prisão já cumprida na Espanha seja abatida da pena dele. Um outro pedido foi que a justiça militar aplique uma pena menos severa com o tráfico de drogas do que a civil. Enquanto o Código Penal Militar prevê pena de 5 anos para o crime, a lei de drogas, de 2006, determina de 5 a 15 anos de prisão, além de multa.Participam do julgamento, na sede do STM em Brasília, o juiz federal Frederico Magno de Melo Veras e quatro militares da aeronáutica, sendo um coronel e três capitães. Os integrantes do colegiado são escolhidos por sorteio entre os militares com patentes superiores às do acusado. O sargento foi preso em 2019 quando ntegrava um voo de apoio à comitiva do presidente Jair Bolsonaro (PL) em escala para uma reunião do G20 no Japão.De acordo com uma investigação da Polícia Federal, o sargento transportou cocaína em pelo menos outras sete viagens oficiais em aviões da FAB em cumplicidade com pelo menos outros quatro militares da Aeronáutica.